quinta-feira, maio 16, 2024
More
    InícioAmazonasBYD teve destaque na reunião do Codam e deve investir R$ 154...

    BYD teve destaque na reunião do Codam e deve investir R$ 154 milhões no Polo Industrial de Manaus

    Com articulação do governador Wilson Lima, gigante chinesa vai ampliar produção no Polo Industrial de Manaus

    A BYD, gigante chinesa, teve destaque na 307ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Amazonas (Codam) ocorrida em 25 de abril. A empresa obteve aprovação para fabricar baterias para ônibus elétricos em Manaus. Esse investimento é fruto dos esforços do governador Wilson Lima, que articulou durante sua visita à China em janeiro, visando atrair mais investimentos asiáticos para o Polo Industrial de Manaus (PIM). O Codam aprovou um total de 38 projetos, somando investimentos de aproximadamente R$ 1,28 bilhão, prevendo a criação de 1.069 empregos. Adicionalmente, outros 394 postos de trabalho serão realocados dentro das próprias fábricas.

    O projeto da BYD é um dos 13 aprovados nesta quinta-feira para diversificação. A empresa planeja investir R$ 154 milhões para iniciar uma nova linha de produção de baterias de fosfato de lítio, mantendo 61 postos de trabalho já existentes em sua fábrica.

    “Na reunião do Codam de hoje, foram aprovados 38 novos projetos, totalizando um investimento superior a 1,2 bilhão de reais e a criação de mais de mil empregos. Estes números são extremamente positivos. Quero destacar entre esses projetos o da BYD, que revolucionará o transporte coletivo no Brasil ao produzir baterias elétricas para ônibus, com capacidade de fabricar 1,5 mil baterias por mês. Isso transformará o panorama do transporte público no país em 70 meses, tornando-o mais acessível, com custos reduzidos e uma diminuição nas tarifas para todos os brasileiros. Portanto, este é um momento de grande importância nesta reunião do Codam”, destacou Corrêa.

    Aprovação de Projetos Impulsiona Investimentos no Polo Industrial de Manaus

    Na reunião, também foram aprovados 21 projetos de novas empresas interessadas em se estabelecer no Polo Industrial de Manaus (PIM). Destacam-se a BioAmazonas, que investirá na produção de medicamentos sólidos em comprimidos para uso humano, com um investimento estimado de R$ 358,6 milhões e a criação de 54 novos empregos, e a empresa KTM do Brasil, com um investimento de R$ 97 milhões e a previsão de 106 novos empregos para a produção de motocicletas. Adicionalmente, foram aprovados quatro projetos de modernização de instalações industriais de empresas já estabelecidas no PIM.

    Exposição na Bioeconomia Amazônica em Parceria com o Idesam

    Em parceria com o Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam), o evento promoveu uma exposição que reuniu diversos atores da bioeconomia na Amazônia, com o objetivo de criar conexões e fomentar novos financiamentos para projetos focados no tema. Mais de 15 startups que fazem parte do Programa Prioritário de Bioeconomia (PPBio) e que fortalecem a sociobiodiversidade amazônica estiveram presentes, como o Chocolate Warabu, Simbioze Amazônica, SmartFood, Café Apuí, entre outros.

    Uma das expositoras e representante do Idesam, Louise Lauschner, afirmou que está sendo muito importante apresentar um pouco da Inatú Amazônia, marca coletiva das comunidades amazônicas que contempla mais de mil extrativistas.

    “Poder estar aqui apresentando esses produtos para as pessoas que estão nessa reunião do Codam, que são pessoas muito importantes, onde pode gerar recurso, pode gerar mais investimento para a empresa como a Inatú Amazônia, é extremamente importante e relevante”, afirmou.

    Veja também:

    Wilson Lima destaca a importância de transportes sustentáveis

    Com informações assessoria*

    Siga nossas redes sociais Instagram  e Facebook

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias