terça-feira, maio 28, 2024
More
    InícioAmazonasRamais e estradas pavimentados pelo Governo do Amazonas

    Ramais e estradas pavimentados pelo Governo do Amazonas

    As vias e acessos terrestres na região do Amazonas têm experimentado um notável avanço em termos de engenharia, sob a liderança do Governo Estadual, que tem empreendido melhorias significativas em sua rede de estradas e ramais desde 2019. Por meio da atuação da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), tem sido efetuado o processo de pavimentação e aprimoramento dessas vias.

    O novo padrão estabelecido engloba uma série de serviços essenciais, incluindo a terraplanagem, que envolve a remoção da camada vegetal, escavação, aterro e nivelamento do terreno. Adicionalmente, são realizadas intervenções de drenagem, tanto em níveis profundos quanto superficiais, que incluem a instalação de meio-fio, calçadas, sarjetas e bueiros. Quanto à pavimentação, esta é executada com uma largura de sete metros para a pista, acompanhada por acostamentos de um metro de largura em ambos os lados. Além disso, há um reforço aplicado nas camadas de base, sub-base e subleito da pista, e a sinalização vertical e horizontal é minuciosamente implementada, abrangendo faixas e placas informativas.

    Ramais e estradas pavimentados

    Para aprimorar ainda mais a acessibilidade, a obra inclui a construção de paradas de ônibus, facilitando a entrada e saída dos ramais.

    Essas melhorias nos ramais implicam em serviços que, potencialmente, reduzem os custos de manutenções paliativas recorrentes, resultando em economia para os cofres públicos. Isso contribui para resolver problemas frequentes, como alagamentos e dificuldades de tráfego, que causavam desconforto e insatisfação para a população local.

    impactos econômicos e sociais

    O Secretário da Seinfra, Carlos Henrique Lima, destaca que o investimento realizado pelo Governo do Amazonas na infraestrutura viária do estado tem impactos econômicos e sociais positivos, melhorando a qualidade de vida dos habitantes dos diversos municípios da região.

    A expansão da rede viária não apenas aprimora a infraestrutura, mas também facilita o acesso das comunidades aos centros urbanos, possibilitando o alcance de escolas, serviços médicos e a entrada de veículos de emergência, como ambulâncias e viaturas policiais, a essas localidades.

    Além disso, a construção e a melhoria dos ramais no estado têm um impacto positivo no setor do turismo. Isso ocorre porque muitos dos destinos turísticos, como igarapés, cachoeiras, balneários, hotéis na selva e locais voltados para o ecoturismo, só podem ser visitados por meio dessas vias, e a pavimentação dessas áreas facilita o acesso dos turistas.

    “A construção de estradas e ramais de alto padrão proporciona uma melhoria significativa na qualidade de vida da população, afetando positivamente áreas como saúde, educação e segurança. Além disso, essas obras têm maior durabilidade, o que representa economia para os cofres públicos”, enfatiza Lima.

    Investimentos

    É importante ressaltar que o investimento e a modernização desse setor contribuem para elevar a posição do Amazonas na economia nacional. Essas obras facilitam o transporte de produtos agrícolas, agropecuários e da piscicultura em regiões que, atualmente, enfrentam desafios de acesso aos mercados consumidores.

    Desde 2019, a Seinfra já concluiu mais de 162 quilômetros de ramais e estradas, totalizando 26 projetos, com um investimento de R$ 202 milhões. Além disso, outros 251 quilômetros (21 obras) estão em andamento, somando um investimento de R$ 393,4 milhões.

    Obras de ramais e estradas concluídas

    No período de 2019 a 2022, 26 obras de ramais e estradas foram concluídas em oito municípios, o equivalente a 162 quilômetros, totalizando R$ 202 milhões. Entre as obras concluídas estão os ramais Marechal Rondon e São Félix, Rosarinho, Iguapenú, Jatuá, Açupuranga, Rio Mutuca, HSL, localizados em Autazes; São José, Cinturão Verde e KM 11, no Careiro; Porto do Açaí e Ramal do Gama, em Guajará; Ramal do Pavão e Ramal de acesso à Cadeia Estadual, em Tefé; Ramal do Uga-Uga, Cachoeira do Castanho e Santa Maria, em Iranduba; Ramal das Flores, Ramal de acesso as Unidades Prisionais, Novo Paraíso, Cláudio Mesquita, Frederico Veiga e Sol Nascente, em Manaus; Joaquim Santana, em São Paulo de Olivença; Perimetral Norte II, em Tabatinga.

    Obras de ramais e estradas em andamento

    Estão em execução outras 21 obras de ramais e estradas em 15 municípios, o equivalente a 251,16 quilômetros, totalizando R$ 393,4 milhões. Entre as obras estão o ramal do Cuia Grande, em Anamã; ramal do Mapiá, em Borba; ramal de acesso à Escola Novo Horizonte, em Caapiranga; ramal do Maçarico e ramal da Cabeceira do Purupuru, no Careiro; ramal do Sissaima, em Careiro da Várzea; Estrada Coari-Itapéua, em Coari; Estrada Anori-Codajás, entre Anori e Codajás;  Estrada do Engenho, em Itacoatiara; ramal Anjo Gabriel, Paru e Nova Esperança, em Manacapuru; ramal do Barro Alto, em Manaquiri; Ramais da Cooperativa e Pau Rosa, em Manaus; ramal Sulivan Portela, em Rio Preto da Eva; Estrada Arajatuba, em São Paulo de Olivença; Estrada da Emade e Estrada das Missões, em Tefé;  Ramal Perimetral Norte I e Geodésia II, em Tabatinga.

    Obras de ramais e estradas a iniciar

    Sete obras serão iniciadas nos próximos meses. Esse número representa cerca de 83,14 quilômetros e um total de R$ 322 milhões em investimentos. Dentre as obras estão a recuperação da estrada Novo Remanso, em Itacoatiara; os ramais Terra Preta e Acajatuba, Manacapuru; a Estrada Ari Antunes (Estrada do Membeca-Trecho 01), em Caapiranga e Manacapuru; os ramais Ouro verde e Laguinho, em Iranduba; os ramais Leão e Paraíso Verde, Santo Antônio, e a complementação do ramal Cláudio Mesquita, em Manaus.

    Siga nossas redes sociais Instagram  e Facebook

    Com Informações Agência Amazonas*

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias