sábado, maio 18, 2024
More
    InícioDestaquesMorre Walewska ex-jogadora de vôlei e campeã olímpica

    Morre Walewska ex-jogadora de vôlei e campeã olímpica

    Além do ouro nas Olímpiadas de Pequim, Walewska também ganhou a medalha de bronze nos jogos de Sidney, em 2000, e fez parte da seleção enviada para Atenas, em 2004

    A ex-jogadora de vôlei e campeã olímpica Walewska Oliveira morreu nesta quinta-feira (21), em São Paulo, após cair do 17° andar do prédio onde morava.

    O boletim diz que a gestora do local onde Walewska foi encontrada relatou que a jogadora teria se jogado do 17° na área de lazer. Assim que foi identificado o acidente, as autoridades foram acionadas, mas o óbito foi constatado ainda no condomínio.

    O local possui câmeras no corredor e o acesso é feito atrás de biometria facial. O sistema teria gravado Walewska na área de lazer, sozinha, por volta das quatro horas da tarde.

    Walewska tinha 43 anos e foi campeã pela seleção brasileira feminina nas Olímpiadas de Pequim, em 2008. A atleta se aposentou em 2022, encerrando a carreira no Praia Clube.

    Além do ouro nas Olímpiadas de Pequim, Walewska também ganhou a medalha de bronze nos jogos de Sidney, em 2000, e fez parte da seleção enviada para Atenas, em 2004.

    Já no Praia Clube, Walewska brilhou com o time que conquistou a Superliga na temporada de 2017/2018.

    Recentemente, a atleta tinha lançado a biografia “Outras Redes”, além do documentário “O Último Ato”.

    A polícia investiga as circunstâncias da morte e apura suspeita de suicídio.

    Repercussão

    O Praia Clube, última equipe a qual Walewska fez parte, publicou uma nota lamentando a morte da atleta.

    “O vôlei brasileiro e a comunidade esportiva perderam uma verdadeira lenda, e nossos pensamentos estão com a família e amigos neste momento difícil”, diz a nota.

    “Que sua memória e legado continuem a brilhar como uma fonte de inspiração para as gerações futuras. A camisa número 1, usada por Wal, foi eternizada na nossa equipe em 2022 e será para sempre lembrada.”

    Em uma rede social, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) relembrou as conquistas e carreira premiada de Walewska.

    “Walewska era uma jogadora especial, sua trajetória no esporte será para sempre lembrada e reverenciada. Neste momento tão difícil, a CBV se solidariza com a família e os amigos desta grande jogadora”, disse o presidente da CBV, Radamés Lattari.

    A jogadora da seleção feminina de vôlei Sheilla Castro postou uma foto do lançamento do livro de Walewska em Belo Horizonte e desejou força para a família da atleta.

    “Walzinha, você sempre foi um exemplo para mim dentro e fora das quadras. Dor é grande demais. Agora o luto é diferente pela sua partida precoce.”

    A ex-jogadora olímpica e atriz Lica Oliveira publicou uma foto de Walewska, dizendo não acreditar na morte da colega.

    “Muitas preces por você, por seus familiares, amigos(as) e fãs. Família Voleibol em luto.”

    No Instagram, Alexandre Oliveira, apresentador do podcast Ataque e Defesa, último gravado por , decidiu contar como a jogadora estava horas antes de morrer.

    A conversa rendeu inúmeros assuntos sobre a vida e carreira da atleta, os dois se divertiram e o jornalista contou que não notou nenhum problema físico ou mental em Walewska.

    Siga nossas redes sociais Instagram  e Facebook

    Leia também: Marco temporal das terras indígenas é rejeitado por 9 votos a 2 no STF

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias