sexta-feira, maio 17, 2024
More
    InícioDestaquesCabo de teleférico se rompe no Paquistão

    Cabo de teleférico se rompe no Paquistão

    O teleférico está atualmente retido em uma área de desfiladeiro, suspenso por um único cabo, uma vez que o outro cabo de sustentação se rompeu

    Oito indivíduos, incluindo crianças, encontraram-se presos nesta terça-feira (22) em um teleférico, suspenso a uma altura de 274 metros, após um cabo se romper enquanto eles se dirigiam à escola na região montanhosa de Battagram, no Paquistão. As autoridades descreveram a operação de resgate como “extremamente arriscada”, especialmente devido aos ventos fortes que estão prejudicando o processo.

    A Autoridade Nacional de Gerenciamento de Desastres do Paquistão comunicou que as tentativas de substituir o cabo defeituoso não tiveram êxito. Para auxiliar na missão de salvamento, foram mobilizados dezenas de socorristas especializados e dois helicópteros do Exército. Durante a operação, uma criança desmaiou devido ao “calor e medo”, embora detalhes precisos sobre seu estado de saúde não tenham sido divulgados.

    O teleférico está atualmente retido em uma área de desfiladeiro, suspenso por um único cabo, uma vez que o outro cabo de sustentação se rompeu. Shariq Riaz Khattak, um oficial de resgate, informou à agência de notícias Reuters que “todos os esforços estão sendo empreendidos pelo Exército do Paquistão para resgatar as pessoas presas”.

    O incidente ocorreu por volta das 7h no horário local (23h de segunda-feira em Brasília), e os trabalhos de resgate estão em andamento há mais de 10 horas. Inicialmente, as autoridades mencionaram que seis crianças e dois adultos estavam a bordo, mas posteriormente corrigiram para sete alunos e um professor. As idades dos estudantes variam entre 10 e 15 anos.

    Nas regiões montanhosas do norte do Paquistão, é comum o uso de teleféricos para o transporte entre diferentes vilas. Um residente local chamado Abdul Nasir Khan explicou que as crianças estavam se dirigindo a uma escola secundária em Batangai, uma comunidade próxima. Battagram, onde ocorreu o incidente, está situada a aproximadamente 200 km ao norte da capital do Paquistão, Islamabad.

    O premiê interino do país, Anwaar-ul-Haq Kakar, expressou preocupações nas redes sociais. Ele escreveu na plataforma X, equivalente ao ex-Twitter, que “instruiu as autoridades a conduzirem inspeções de segurança em todos esses teleféricos privados e garantir sua segurança”.

    Leia Mais

    Wilson Lima lança Amazonas + Alfabetizado com ministro da educação

     

    Siga nossas redes sociais Instagram  e Facebook

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias