terça-feira, maio 28, 2024
More
    InícioDestaquesIsrael convoca 300 mil reservistas para guerra

    Israel convoca 300 mil reservistas para guerra

    Israel convoca 300 mil reservistas para a guerra, após os ataques do grupo radical islâmico Hamas do último sábado (7). O número é aproximadamente o mesmo dos reservistas combinados disponíveis para a força militar de reserva dos Estados Unidos.

    As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) são compostas por três ramos de serviço: as Forças Terrestres de Israel, a Força Aérea de Israel e a Marinha de Israel.

    O porta-voz das FDI, tenente-coronel Jonathan Conricus, disse nesta quarta-feira (11) que 300 mil reservistas estavam “perto da Faixa de Gaza”. O número inclui “infantaria, soldados blindados, corpos de artilharia e muitos outros soldados das reservas”, disse Conricus.

    O número total de forças dos EUA nas reservas da Força Aérea, Exército, Fuzileiros Navais e Marinha era de 331.392 em 31 de agosto de 2023, de acordo com dados do Departamento de Defesa dos EUA.

    Numa entrevista à CNN nesta quarta-feira, o porta-voz das FDI, Doron Spielman, referiu-se a relatórios que diziam que a mobilização de Israel está na “escala de um grande país”, como os EUA

    “Não há uma família que não tenha alguém convocado”, disse Spielman.

    Ao contrário da maioria das forças armadas, que têm forças ativas maiores e forças de reserva relativamente menores, as forças armadas de Israel são o oposto.

    A força de reserva de Israel é maior do que a sua força de serviço ativo, e os militares israelenses que completam o serviço militar obrigatório tornam-se frequentemente parte das forças de reserva.

    O sistema fornece ao país uma grande população a quem recorrer em caso de emergência.

    Leia Também:

    Hamas declara guerra contra Israel: “Se você tem uma arma, é hora de usá-la”

    Hezbollah dispara contra Israel após membros serem mortos em bombardeio

    Chega ao Brasil primeiro avião da FAB com brasileiros que estavam em Israel

    Com informações CNN*

    Siga nossas redes sociais Instagram  e Facebook

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias