quarta-feira, maio 15, 2024
More
    InícioDestaques“Esqueça que eu sou sua mãe. Nem li sua mensagem e já...

    “Esqueça que eu sou sua mãe. Nem li sua mensagem e já apaguei”, Responde Silvana a Larissa em noite de Natal

    Eu estava sem plano de saúde por falta de pagamento: “Eu fiquei três meses sem plano de saúde. Sem saber”.

    No último domingo (13), Larissa Manoela falou ao Fantástico sobre a crise que vive com os pais. Eles administravam a carreira da filha, mas desavenças levaram a um rompimento público. Esta semana, o Fantástico teve acesso a uma outra troca de mensagens de WhatsApp entre a atriz e a mãe, Silvana Taques, acontecida no dia 24 de dezembro de 2022.

    Os pais de Larissa haviam sido convidados a passar o Natal na casa dos pais de André, o noivo de Larissa, mas não aceitaram. Na noite da véspera de Natal, a atriz enviou uma longa mensagem para Silvana, dizendo que tenta entender as escolhas da mãe e do pai, mas que também fez a dela; e pediu que Jesus renasça no coração de Silvana.

    Larissa encerrou a mensagem dizendo que sente falta da melhor amiga, que está lá para quando a mãe quiser e desejando uma linda noite de Natal. Silvana respondeu com um palavrão, e completou: “Esqueça que eu sou sua mãe. Nem li sua mensagem e já apaguei”.

    O Fantástico ouviu a advogada da atriz, Patrícia Proetti, e trechos inéditos da entrevista de Larissa revelam novos detalhes da relação em família. Segundo Patrícia, nove imóveis fazem parte das duas empresas que Larissa tinha em sociedade com os pais e das quais ela abriu mão. E mais uma casa comprada fora do país, em nome somente do pai e da mãe. Ao decidir pelo rompimento, a atriz ficou só com um desses imóveis.

    “Eu tenho um apartamento que acabei de vender para poder pagar a casa em que eu estou morando hoje. E que eu tive que pegar um empréstimo para poder quitar”, contou Larissa à repórter Renata Capucci.

    No entanto, ao ir ao banco para solicitar o crédito imobiliário, teve o pedido negado. “Porque ela não tinha movimentação bancária. Não tinha histórico bancário que fosse capaz de suportar um crédito imobiliário”, explica a advogada, que respondeu aos pais de Larissa sobre a atriz ter dinheiro e cartões de crédito. “Depois dos 18 anos lhe eram fornecido cartões de crédito, sim, mas ela não tinha autorização para uso. Tanto que se quisesse comprar um sapato, ela precisava pedir, (…) e o pai então autorizava e dizia inclusive em qual cartão poderia comprar.”

    De acordo com os extratos da conta da empresa de Larissa, em junho do ano passado há transferências de R$ 1,5 milhão; em julho, as movimentações somaram quase R$ 850 mil; em agosto, uma transferência de R$ 500 mil e, num único dia, mais R$ 200 mil. As transações seguiram até os pais perderem acesso à conta, em fevereiro.

    Até então, eles tinham o direito de fazer transações como administradores, direito esse previsto em contrato que ela assinou. Segundo a advogada, ao assumir a empresa, Larissa constatou que alguns impostos não tinham sido pagos.

    A atriz contou ainda que descobriu em junho deste ano, em meio à negociação pela redivisão das empresas em que ainda era sócia dos pais, que estava sem plano de saúde por falta de pagamento: “Eu fiquei três meses sem plano de saúde. Sem saber”.

    Larissa afirmou ainda que, também em junho, foi impedida de entrar num dos imóveis da família, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ela buscava produtos enviados por marcas com as quais tinha contrato: “Não pude entrar. Eu não queria nem chegar a ir até o apartamento, mas sim tirar correspondências e coisas que vinham em meu nome. Mas o meu acesso foi bloqueado”.

    Com informações G1

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Últimas Notícias